Por Aline Fulik Pereira

Na última segunda feira (09), foi publicado no Diário Oficial de Santa Catarina a sanção do Projeto de Lei (PL) 78/2022, convertido na Lei 18.368/2022, que promove, entre outras, a redução do ICMS do leite longa vida para 7%, diminuição do ICMS em alimentos de bares e restaurante para 3,2% e amplia o prazo de concessão do benefício fiscal da farinha com mistura para pães e para a cesta básica catarinense para 31 de dezembro de 2023.

O projeto foi enviado no início de abril para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), recebendo parecer favorável no dia 3 de maio pela Comissão de Finanças e Tributação e sancionado pelo Governador nesta sexta-feira (6).

O benefício fiscal para a cesta básica se encerraria em 30 de junho, atualmente, compõe a cesta básica o feijão, arroz, diversos tipos de farinhas, carnes e miudezas comestíveis de aves e suínos, misturas e pastas para a preparação de pães, mel, manteiga e agora a reinserção de leite longa vida.

O tema foi tratado em regime de urgência, dado a importância deste produto no consumo popular e na economia catarinense. Hoje, aproximadamente 92% do produto comercializado em Santa Catarina é originário do próprio Estado.

A manutenção de benefícios fiscais e a aplicação da correta tributação é um processo imprescindível, ainda mais em um ambiente pós pandêmico e de economia volátil e com concorrência cada vez mais acirrada. Nesse cenário, é fundamental contar com assessoria especializada na gestão corporativa e ter um bom planejamento tributário.

A CASSULI ADVOCACIA E CONSULTORIA permanecerá atualizada acerca do tema, e fica à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

Últimos Insights



CONTRATO, ESCRITURA E REGISTROS IMOBILIÁRIOS: UM BREVE PANORAMA

Por Luciana Rubini Tambosi. No universo do mercado imobiliário, a compra e venda de imóveis é uma transação complexa que requer a observância de diversos aspectos...

Continue lendo

ANTEPROJETO DO NOVO CÓDIGO CIVIL EXCLUI CÔNJUGE DO ROL DE HERDEIROS NECESSÁRIOS

Por Amanda Fernandes Hinterholz Foi apresentado ao Senado Federal o Anteprojeto de Reforma do Código Civil contendo todas as alterações propostas pela comissão de...

Continue lendo

EM DECISÃO LIMINAR E COM EFEITOS IMEDIATOS O STF SUSPENDE DESONERAÇÃO DA FOLHA

Por Micaela Day da Silva. No último dia 25, o Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo a pedido do Governo Federal na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº...

Continue lendo