Por Matheus de Quadros

O Senado aprovou, nesta última quinta-feira (05/08), o texto-base do projeto de lei que tem por objetivo incentivar a regularização de dívidas tributárias das empresas. Batizado de “Refis da Covid”, o texto segue para análise da Câmara dos Deputados.

O projeto reabre o prazo para adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (PERT), lançado em 2017 e popularmente chamado de Refis, com novas regras, permitindo o parcelamento dos débitos em até 144 meses (12 anos) para alguns casos.

Ainda, prevê o perdão de até 90% em multas e juros e de 100% nos encargos para dívidas contraídas até um mês antes da aprovação do programa. Pela proposta, os interessados terão até 30 de setembro deste ano para promover a adesão.

Esse Refis não se aplica a micro e pequenas empresas que já tenham sido contemplados em outro projeto de lei.

O parecer ainda estabelece que empresas e pessoas físicas que aderirem ao plano poderão utilizar precatórios federais próprios ou de terceiros para amortizar o saldo remanescente.

A CASSULI ADVOCACIA E CONSULTORIA continuará acompanhando as notícias acerca do tema, compartilhando as informações de maior relevância a seus stakeholders.

Últimos Insights



CONTRATO, ESCRITURA E REGISTROS IMOBILIÁRIOS: UM BREVE PANORAMA

Por Luciana Rubini Tambosi. No universo do mercado imobiliário, a compra e venda de imóveis é uma transação complexa que requer a observância de diversos aspectos...

Continue lendo

ANTEPROJETO DO NOVO CÓDIGO CIVIL EXCLUI CÔNJUGE DO ROL DE HERDEIROS NECESSÁRIOS

Por Amanda Fernandes Hinterholz Foi apresentado ao Senado Federal o Anteprojeto de Reforma do Código Civil contendo todas as alterações propostas pela comissão de...

Continue lendo

EM DECISÃO LIMINAR E COM EFEITOS IMEDIATOS O STF SUSPENDE DESONERAÇÃO DA FOLHA

Por Micaela Day da Silva. No último dia 25, o Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo a pedido do Governo Federal na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº...

Continue lendo