Por Ana Caroline Quelin de Lima.

A curatela é um instrumento jurídico que tem por objetivo a proteção das pessoas maiores de 18 (dezoito) anos que, por situação transitória ou permanente, não possuem condições de reger os atos da própria vida e administrar seus bens.

Com a instituição da Lei Brasileira de Inclusão (Lei n. 13.146/2015), a curatela ganhou novas diretrizes com objetivo de conciliar a proteção com espaços de autonomia, não sendo mais tratada como uma interdição.

É uma medida excepcional, que será fixada pelo juiz de forma proporcional às necessidades e às circunstâncias de cada curatelado, devendo durar o menor tempo possível, pretendendo prestar mais assistência ao curatelado do que lhe retirar direitos.

A proteção por meio da curatela abrange somente os atos relacionados aos direitos de natureza patrimonial e negocial, não alcançando o direito ao próprio corpo, à sexualidade, ao matrimônio, à privacidade, à educação, à saúde, ao trabalho e ao voto do curatelado. Ou seja, mantém-se ao curatelado o controle dos aspectos existenciais da sua vida.

A Cassuli Advocacia e Consultoria possui uma equipe prontamente preparada para auxiliá-lo com relação ao tema exposto e se coloca à disposição para auxiliar nas providências necessárias e cabíveis.

Últimos Insights



A IMPORTÂNCIA DA APROVAÇÃO ANUAL DE CONTAS PARA SOCIEDADES EMPRESÁRIAS

Por Isadora Erbs. As sociedades empresárias, por força de lei, são obrigadas a realizar a assembleia dos sócios (art. 1.078 do Código Civil) ou assembleia geral...

Continue lendo

FGTS DIGITAL – ENTENDA AS MUDANÇAS

Por Graziele Cristina Pedro. A implementação do FGTS Digital representa mais um avanço significativo na modernização dos serviços públicos no Brasil. Com a crescente...

Continue lendo

COMPLIANCE AMBIENTAL E ESG: PILARES FUNDAMENTAIS PARA OS NOVOS NEGÓCIOS

Por Rubens Vaz Junior. No cenário empresarial atual, a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental emergiram como fatores essenciais para o sucesso a longo prazo das...

Continue lendo