Por Cristiano Mahfud Watzko 

O Fundo de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais (FIAGRO) foi criado através de lei (Lei 14.130/2021) e tem como objetivo auxiliar no financiamento ao setor agropecuário do Brasil.
Entre os benefícios do FIAGRO, constam: isenção de imposto de renda (IR) para o rendimento distribuído (dividendos) para pessoas físicas que passem a alocar recursos nestes fundos, de forma similar ao que se tem com os fundos imobiliários (FII´s); e o diferimento (adiamento) no recolhimento do IR sobre o ganho de capital apurado na integralização de bens no fundo, como de imóvel rural.
Em razão disso, entende-se que o veículo passa a ser um estímulo à entrada de produtores agropecuários no mercado de capitais, bem como de investidores no setor de agronegócio.

Importante ressalva, a isenção do Imposto de Renda nas distribuições aos cotistas deve obedecer a algumas condições, entre elas, a necessidade de mais de 50 cotistas.

O FIAGRO além disso, possui a vantagem de poder participar diretamente em negócios do setor, o que os já existentes Fundos de Investimentos Imobiliários não eram permitidos. Os Fundos de Participações (FIP) não podem ter participação em empresas e ativos securitizados, já para o FIAGRO esta proibição não existe.

A CASSULI ADVOCACIA E CONSULTORIA, continuará acompanhando as informações relativas ao assunto, informando seus stakeholders.

Últimos Insights



IMPORTÂNCIA DA VALIDAÇÃO DAS INFORMAÇÕES ENVIADAS AO FISCO

Por Robson Thiago Alves da Silva Que a receita federal monitora a atividade econômica e financeira dos contribuintes não é novidade, mas você já se perguntou como isso...

Continue lendo

STF JULGA INCONSTITUCIONAL LEIS ESTADUAIS QUE INSTITUEM ITCMD SOBRE HERANÇA NO EXTERIOR

Por Iago Machado Melo O Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) tem como fato gerador a transmissão de bens e direitos em razão da abertura da sucessão ou...

Continue lendo

ESTADO DE SANTA CATARINA REDUZ O ICMS DO LEITE E DE OUTROS ALIMENTOS

Por Aline Fulik Pereira Na última segunda feira (09), foi publicado no Diário Oficial de Santa Catarina a sanção do Projeto de Lei (PL) 78/2022, convertido na Lei...

Continue lendo